Make your own free website on Tripod.com

Para minha Amada

Home | Quem sou eu? | .CV.(Portuguese) | .CV.(English) | Fotos - New Zealand | Juventude Utópica | Outros Escritos | Fotos - Teatro | Fotos - André Roch@ | ENFARO's | Fotos - Família Roch@ | Para meu Filho | Fotos - Lucas Roch@ | Para minha Afilhada | Para minha Amada | Minhas viagens | My Graduation | Links favoritos | Simplicidade Voluntária | Contate-me

André Rocha

No one said would be so hard... you'll be here for a while... 'cause I miss you!

Separador horizontal 1




QUANDO VOCE FOR...

Minha Amada

Quando voce for...
Concentre-se na linha do horizonte, no futuro
e esteja completamente inteira no presente.
Resista em voltar a atencao para o ontem,
pois, o destino da estatua de sal eh desfazer-se naturalmente com o tempo.
Nao queira ver a cidade sendo transformada em ruinas.
Que seus olhos nao sejam canais para o entorpecimento inconsciente da mente.
Nao queira reconstruir uma vida sem alicerces...
Aceite a destruicao e construa o novo em outro lugar.
E se em fraqueza resolver desafiar os donos da vida e socorrer aos condenados,
lembre-se que tera um encontro marcado com a morte
despida de qualquer piedade.
Nao tenha piedade... tenha amor e compaixao.
Meu anjo estarah entre as cinzas para renascer em gloria.

Quando voce for...
Leve o suficiente para que se alimente
e sobreviva no deserto sem amor
ate que um oasis de paixao a desperte.
Leve so o necessario...
Talvez uma sandalia para que seus pes se protejam do duro caminhar.
Talvez uma tunica para que o frio nao endureca seu toque.
Ainda pao e agua para que nao morra antes de ser iluminada em vida.
Livre-se do peso e do carregar inutilidades
que amarram seus dias na estagnacao.
Sinta-se livre para dancar ao vento, mas lembre-se
que so eh livre a alma que ama
e o corpo que se anula e compartilha emocoes.
Meu anjo estara no monte vendo-a se afastar rumo ao desconhecido.

Quando voce for...
Va lucidamente inteira e nao como metade.
Fortifique e concentre a trilogia: - corpo, mente e alma
na direcao do seu sonho... tenha sonhos.
Seja unica... seja grande... seja uma "grande mulher".
Afaste-se dos companheiros de viagem que
cultivam a mediocridade e investem suas horas em atividades vas.
Fuja dos anarquistas de sentimentos
e nao tolere irresponsabilidades nos relacionamentos.
Seja responsavel com o sentimento dos outros.
A vida nao acontece so na superficie...
Eh um iceberg em constante movimento.
O que vemos eh apenas um retrato, uma ponta...
O filme acontece alem dessa imagem.
Meu anjo estara vigiando a mao que tera a permissao de seu corpo.

Quando voce for...
Ouca a musica do seu coracao.
O que ela diz? Qual a melodia?
Para onde o ritmo do sangue circulando remete seus pensamentos?
Esse lugar te acelera e inquieta ou te eleva e acalma?
Sente-se confortavel? Sente-se viva?
Viver significa simplesmente... viver!
E tudo que inventamos alem disso
eh para preencher os buracos da existencia.
... malvada ilusao... cultive a desilusao.
Seja lucida com a linguagem do seu corpo
porque voce eh tudo que voce tem.
Nao pense na vida, pense "com" a vida.
Afaste-se do desconforto e da pequenez.
Meu anjo estara soprando belas palavras em seu ouvido.

Quando voce for...
Todo meu corpo estara em convulsao pela dor
e o descontrole amargo da perda.
Nao sei se o ceu se abrira em chamas
e um eclipse apressara a noite em tempestade.
Nao sei se terei lagrimas se perdendo na chuva
nem forca na garganta para o grito.
Sei que o meu anjo agonizante almejara a morte.
Talvez nao vivencie mais esse amor insano
e minha historia seja mais sofrida do que bela.
Medo!... Medo!... Medo!...?
Medo de que fiz no presente aquilo que
o futuro revelara como erro incuravel do passado.
E se ainda almejar investigar os misterios do mundo
no conforto de meus bracos,
estarei onde voce me deixou e pronto para
caminharmos de maos dadas pelas montanhas...
Porque quando voce for... foi voce quem foi.

Auckland, New Zealand em 31/12/2001

Minha Amada

SONETOS PARA ROSANA...

------------------------------------------------------------------------------------------------
- I -

Ao primeiro contato quando envolvi em transe a sua mão
Um frio e fino fogo ebuliu as veias impassíveis de meus dedos
E lançaram-se faíscas pelo corpo à procura do coração
Que foi encontrado travando batalha sangrenta com os medos

Ao primeiro contato quando você foi revelada em sublime visão
Estremeci e atinei-me , sem fuga , da guardiã de meus segredos
Depois , meus dias foram risos e encantos em sua atenção
Que agora eleva-se em amor sem lutas insanas e arremedos

Ao último contato quando o fim inevitável estiver à porta
Quero envolvê-la pela eternidade com as emoções que compartilhamos
E saberemos da nossa história , além do bom , aquilo que importa .

Não deixaremos ir ao chão uma só gota de lágrima vertida
Pois , nossos beijos e abraços sorverão cada momento porque amamos .
E sua vitalidade se ascenderá pela extração da minha vida .


- II -

Olho teu rosto como um deus contemplaria maravilhas do mundo
Com o puro sentimento de que algo se transformará em luz .
Todo meu corpo ansioso se energiza em ardor profundo
E abraço o momento com a beleza de uma alma que seduz .

Seu cheiro doce me faz assim inalar meio vagabundo
Com gosto de mulher que alimenta consumindo e me conduz
Ao toque mais tênue e aveludado ... não perco um só segundo
Para que faça-se cumprir os versos que em sonho compus

Música sublime ao arrastar meus cabelos em seu peito
Deixando as horas contarem inúteis badaladas sem sentido
Porque o tempo atuando em nós enlouquecido não conta direito .

E quando enlaçado ao teu seio e enlevado me deito
Não sinto o lá fora , o tempo , o espaço ... estou estarrecido
Tenho vontade de fundir-me na busca insana do amor perfeito .


- III -

Se a dor pela perda destruir as paredes do coração
E a sepultura do amor derramar-se exaurindo a vida
Ainda assim existirá uma alma que não deseja em vão
Abraçá-la sem limites em busca da alegria perdida .

Não suportarei velar a lua ouvindo nossa canção
Chorando ao vento pelo ódio ao dia da partida
Dói-me tanto não ser Deus e vivo em oração
Clamando ao milagre que mudaria decisão sofrida

Quantas noites ainda terei seu perfume a enlouquecer-me ?
Quando terei de volta o desejo insano que era só seu ?
Onde buscarei alimento para minha ânsia de escrever ?

Responda-me ainda , se após o luto , poderei renascer .
Porque estou dilacerado e minha vitalidade se perdeu
Perante o toque das horas ... Que são suas até morrer .
------------------------------------------------------------------------------------------------

Minha Amada

Rosana, seja uma "Grande Mulher"